PUBLICIDADE

Secretaria de Saúde adquire balança de bioimpedância para Ambulatório de Nutrição

publicidade

Secretaria de Saúde adquire balança de bioimpedância para Ambulatório de Nutrição

alança de Bioimpedância utiliza eletrodos que permitem a realização de um exame destinado à avaliação da composição corporal

O Ambulatório de Nutrição da Secretaria Municipal de Saúde agora conta com um importante equipamento que traz métricas precisas sobre as condições físicas do paciente e auxilia os profissionais na indicação das dietas mais adequadas para cada caso.
Adquirida pela Secretaria Municipal de Saúde, a B

, estimando a massa magra, gordura corporal, água corporal total, entre outros dados que proporcionam informações mais precisas sobre o estado nutricional do paciente. “São parâmetros importantes que nos permitem indicar uma dieta que seja mais precisa para cada caso, levando em consideração todas as suas necessidades e déficits. Além disso, os pacientes conseguem ter uma melhor percepção de suas condições de saúde”, explicou a nutricionista Aleandra Marcatti.
O médico Dr. Marcelo Hendrigo Cesto – Coordenador médico da Secretaria de Saúde, Chefe da Clínica Médica do Hospital Municipal, Presidente da Comissão de Ética Médica, Responsável Técnico da Agência Transfusional e Nutrólogo – destaca que a aquisição do equipamento reflete uma mudança no formato de atendimento do ambulatório de nutrição e que a balança agrega qualidade ao atendimento. “Vai além da formulação só da dieta, mas da suplementação necessária e da condução do tratamento. Conseguimos acompanhar e avaliar melhor pacientes que fazem uso de dietas enterais e aqueles que estão fazendo acompanhamento nutricional, oferecendo melhor qualidade e resposta terapêutica”, pontuou.
O serviço de Nutrição da Secretaria de Saúde atua no ambulatório para atendimentos externos e também dentro do Hospital Municipal com acompanhamento dos pacientes internados em todos os setores. O ambulatório funciona no CEM (Centro de Especialidades Médicas) com agendamentos feitos pela Rede Básica de Saúde e pelo Centro de Apoio ao Paciente Oncológico e tem como público-alvo prioritário os pacientes com problemas cardíacos, hipertensos, diabéticos, com sequelas do Covid, com câncer e outras patologias.
Fonte: secretária de Comunicação

Quer dar um gás nos seus negócios? Anuncie aqui!

Não é permitido a cópia do conteúdo deste site.

Entrar em contato
Quer anunciar com a gente?
Fale com um dos nossos consultores!