PUBLICIDADE

Foro de São Paulo: deputados apresentam pedido de impeachment de Lula por ataques à democracia

publicidade

Foro de São Paulo: deputados apresentam pedido de impeachment de Lula por ataques à democracia

Medida, captaneada pelo deputado Paulo Bilynskyj, destaca afrontas do presidente à democracia durante o evento ocorrido em Brasília na última semana e em entrevista à Rádio Gaúcha

O deputado federal Delegado Paulo Bilynskyj (PL/SP) apresentou nesta segunda-feira (3) pedido de impeachment contra o presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva. A medida ocorre após o chefe do Executivo relativizar a democracia e atacar cidadãos brasileiros durante o evento Foro de São Paulo, organizado em Brasília (DF) na semana passada. Assinaram também o pedido os deputados Tenente-Coronel Zucco, Zé Trovão, José Medeiros, Sargento Gonçalves, Coronel Meira, Carla Zambelli, Delegado Éder Mauro, Delegado Caveira, Bia Kicis, Fábio Costa, Coronel Chrisóstomo e Junio Amaral.

Segundo Bilynskyj, Lula atacou o cidadão conservador ao afirmar que “deve combater o patriotismo”, incorrendo em crime de responsabilidade por atentar contra o direito constitucional do “exercício dos direitos políticos, individuais e sociais”.

“Ser patriota e expressar o patriotismo são direitos fundamentais e individuais de cada cidadão brasileiro. O patriotismo é um sentimento de amor, lealdade e dedicação à pátria, à nação a qual pertencemos. Não é admissível confundir o conceito de patriotismo com o conceito de nacionalismo extremista ou exclusivismo”, justificou o parlamentar.

Para o delegado, Lula também cometeu crime de responsabilidade ao ter relativizado a democracia em entrevista à Rádio Gaúcha, ao comentar sobre o ditador Nicolas Maduro.

“Ao afirmar que a Venezuela é uma democracia não é condizente com dignidade, a honra e o decoro do cargo ocupado, praticando, portanto, crime de responsabilidade”, analisou Bilynskyj.

Outro crime denunciado no texto são os ataques de Lula à família. “A afirmaçao de Lula no sentido de que a família deve ser combatida constitui uma verdadeira afronta aos princípios constitucionais e aos direitos fundamentais garantidos à família, como a proteção do Estado, a dignidade, a igualdade e a liberdade”, concluiu.

O pedido impeachment será agora analisado pela presidência da Câmara dos Deputados

Assessoria de Comunicação do deputado federal Delegado Paulo Bilynskyj

Quer dar um gás nos seus negócios? Anuncie aqui!

Não é permitido a cópia do conteúdo deste site.

Entrar em contato
Quer anunciar com a gente?
Fale com um dos nossos consultores!