PUBLICIDADE

Lázaro credita derrota ao coletivo do Corinthians e minimiza pênalti desperdiçado por Fagner

publicidade

Lázaro credita derrota ao coletivo do Corinthians e minimiza pênalti desperdiçado por Fagner

O Corinthians foi eliminado na noite do último domingo nas quartas de final do Paulistão pelo Ituano.

Corinthians foi eliminado na noite do último domingo nas quartas de final do Paulistão pelo Ituano. Após empatar em 1 a 1 no tempo normal, a equipe desperdiçou três pênaltis e deu adeus à competição em plena Neo Química Arena.

Os três penais foram de Fábio Santos, Fagner e Gil, os dois primeiros defendidos pelo goleiro Jefferson Paulino e o do zagueiro parado na trave. No entanto, foi o lateral direito quem recebeu mais críticas, já que, em outubro do ano passado, ele também perdeu um pênalti na decisão da Copa do Brasil diante do Flamengo.

Evitando colocar a culpa individualmente em um determinado jogador, o técnico Fernando Lázaro avaliou que o time perdeu de forma coletiva, já que não fez uma boa partida, no geral.

“Primeiro, é difícil essa questão do pênalti, individualiza demais. O nosso jogo coletivo não foi bom o suficiente, foi o principal de hoje. A sequência de cobranças foi se estendendo, vejo como uma questão do atleta positiva de se colocar à disposição, de personalidade, de vir assumir o papel. Claro que há a perda, a gente sabe disso, mas vai seguindo para um cenário… Ele fez um grande jogo, participou ofensivamente e dentro do que a gente conseguiu produzir no jogo. Teve uma participação importante no jogo”, avaliou o treinador em entrevista coletiva.

Sete jogadores cobraram pênalti antes de Fagner: Fábio Santos (parou no goleiro), Giuliano, Fausto, Yuri Alberto e Róger Guedes nas cinco primeiras e, nas alternadas, Maycon e Bruno Méndez. Depois do lateral, Cássio defendeu a cobrança de Mário Sérgio, mas Gil bateu na trave. Felipe Saraiva fez e classificou o Ituano.

O atacante Róger Guedes revelou, na zona mista, que o grupo preferiu blindar o jovem Pedrinho, colocando-o no fim da fila para bater as penalidades. Com isso, a dupla Fagner e Gil bateu antes dele.

Agora, o Corinthians aguardará o início do Campeonato Brasileiro e da fase de grupos da Libertadores, ambos no início de abril. A equipe também aguarda o sorteio dos confrontos da terceira fase da Copa do Brasil.

O ex-atacante Deivid avaliou a eliminação do Corinthians para o Ituano, neste domingo, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Em casa, o Timão empatou no tempo normal e na disputa de pênaltis acabou eliminado, com Fábio Santos e Fagner desperdiçando as cobranças.

Fonte: Gazeta Espostiva

Quer dar um gás nos seus negócios? Anuncie aqui!

Não é permitido a cópia do conteúdo deste site.

Entrar em contato
Quer anunciar com a gente?
Fale com um dos nossos consultores!